Eduardo Costa

Description level
Collection Collection
Reference code
PT/CPF/EC
Title type
Formal
Date range
1890 Date is uncertain to 1908 Date is uncertain
Dimension and support
Dimensão: 58 doc. fotográficos; 11,9x14,9cm, 12,9x18 cm, 16,8x12,5cm, 10,x15,15,2cm, entre outros. Suporte: papel, Polaridade: positivos. Cor: p/b. Processo Fotográfico: albumina, planotipia, cianotipia, calotipia e gelatina e sais de prata.
Extents
1 Caixas
0.015 Metros lineares
Producer
Eduardo Costa
Biography or history
Eduardo Augusto Ferreira da Costa nasceu em Carnide, Lisboa a 14 de Outubro de 1865. Firmino José da Costa como coronel de engenharia foi governador das províncias de Macau e Timor e a de S. Tomé e Príncipe. De entre os seus filhos todos seguiram a profissão de militar.

Eduardo formou-se na Escola de Oficiais, onde, com 24 anos, foi nomeado capitão do Corpo de Oficiais do Estado Maior.

No início do ano de 1895 esteve em Moçambique na Campanha de Marracune, no reconhecimento de Inhambane, na campanha de Chicomo, Coolela e Manjacaze, onde foi capturado o régulo Gungunhana.

Nestas missões foi sempre acompanhado de seu irmão Raúl da Costa, alferes de Cavalaria.

Entre 1897, já como coronel de Engenharia, e 1898 exerceu funções de Governador do Distrito de Moçambique, após o que regressa a Lisboa a seu pedido, produzindo o relatório "O Distrito de Moçambique em 1898".

Em 1899 é nomeado para o estudo delimitação do sul da Companhia de Moçambique.

Apresenta no Congresso Colonial, organizado em 1901, pela Sociedade de Geografia de Lisboa, a monografia sobre os territórios de Manica e Sofala.

Por força dos serviços prestados é nomeado, em 1903, Governador do Distrito de Benguela e em maio é nomeado Governador-Geral Interino de Angola, função que assumiu até março de 1904. Pede demissão e regressa à metrópole onde em 1906, volta a ser nomeado para a África Ocidental, como Governador-Geral de Angola. Nestas missões foi sempre acompanhado de seu irmão Alberto Coriolano da Costa, oficial da Marinha, que entre 1908 e 1910 foi governador do Distrito de Moçamedes e que na Primeira Guerra Mundial, em 1914, comandou tropas em África.

Em Abril de 1907 Eduardo da Costa adoece com um ataque de apendicite, tendo vindo a falecer por complicações desse ataque a 01 de Maio de 1907.
Geographic name
Lisboa
Functions, ocupations and activities
Militar e Governador
Internal structure/genealogy
Eduardo da Costa é filho do alferes Firmino José da Costa e de Amélia Augusta Nogueira Velho. Teve 5 irmãos, de entre os quais o oficial da Marinha Alberto Coriolano, que combateu em África, durante a primeira guerra mundial, o tenente de Cavalaria Raúl Alberto, Carlos, Humberto e Carolino.

Casou com Estefânia da Conceição Araújo Simões Soares. Deste casamento nasceram 7 filhos, Raúl Aberto Simões da Costa, Constança Amélia Simões da Costa, Helena Eduarda Simões da Costa, Maria Luísa Simões da Costa, Eduarda Amélia Simões da Costa, Carolina Amélia Simões da Costa e Maria Amélia Simões da Costa.
Custodial history
É desconhecida a forma como o álbum chegou até à firma Otium Cum Dignitate - Nuno Gonçalves, Leiloeiro, Livreiro, Lda para venda, contudo atento o centeúdo das fotografias estas terão pertencido à família de Eduardo Costa, senão ao próprio.
Acquisition information
Compra a Otium Cum Dignitate - Nuno Gonçalves, Leiloeiro, Livreiro, Lda, em Outubro de 2008, sob a Informação Nº 66 SDIG/SCR-2008.
Scope and content
Este arquivo é constituído por fotografias de Port Elisabeth, de Moçambique, nomeadamente da Campanha de 1895 de Marracuene, Inhambane e Coolela, da passagem das tropas inglesas pela cidade da Beira, do arraial de S. João Baptista, do município de Benguela, acontecimentos sociais e políticos em Angola, como é o caso da inauguração do Caminho de Ferro de Benguela, da visita de Eduardo Costa, enquanto Governador-Geral ao sul da província de Angola. Há também vistas do Cais Gorjão, em Lourenço Marques, do Palácio do Governador do Distrito de Benguela, do Comando do Posto Militar de Hanha, do Forte Roçadas, no Cuamato.

Há ainda retratos (cartas de cabinet) de Eduardo Costa tiradas no Atelier A. Fillon de Augusto Bobone e de seu irmão Alberto.

Algumas das fotografias de vistas são da autoria do próprio Eduardo Costa, do amigo e companheiro Tenente Bello d'Almeida, do fotógrafo amador João L. Carreira, ou dos estúdios Photographia Moraes, de Luanda, R. H. Photos e dos irmãos J & M Lazarus.
Arrangement
Procedeu-se à ordenação cronológica dos documentos.
Access restrictions
Documentação acessível em cópia digital.
Conditions governing use
A reprodução de documentos encontra-se sujeita a algumas restrições tendo em conta o tipo dos documentos, o seu estado de conservação, o fim a que se destina a reprodução, às normas que regulam os direitos de propriedade e à legislação sobre os direitos de autor. A utilização da reprodução para efeitos de publicação está sujeita a autorização do Diretor de Serviços do CPF. O serviço informa, caso a caso, das opções disponíveis.
Language of the material
Português
Other finding aid
Digitarq (base de dados de descrição arquivística).
Creation date
7/11/2012 12:13:10 PM
Last modification
2/8/2019 4:17:17 PM
Record not reviewed.